Google+ Followers

quarta-feira, 21 de março de 2012

AMOR SOB SUSPEITA






AMOR SOB SUSPEITA
De: Ysolda Cabral


Eu sei e você sabe
O efeito que você causa.
E você abusa disso?!

Você não sabe que por você
Já nasci apaixonada!
É qualquer coisa que você tem,
Que me deixa alucinada.

Não sei como é isso...
Será amor ou capricho?!

- Ah, não sei é de mais nada!

Eu só sei que você
Está inteirinho na minha alma.

Dê-me notícias!
Não me deixe aflita...

Diga pelo menos se está vivo,
Se sente saudades...

Não custa e é de graça.
Use uma rede social, um ''e-meio''
Um celular, até um ''pombo correio''...

Esse seu jeito de gostar,
É quase um '' eu não acredito!''
Olha a deixa: se defenda!

**********

Publicado no Recanto das Letras em 21/03/2012
Código do texto: T3566723