Google+ Followers

sábado, 5 de março de 2011

BLOCO DAS FLORES

BLOCO DAS FLORES
De: Ysolda Cabral



No lirismo do Bloco das Flores,
Na cadência intimista dos seus passistas,
Na beleza exuberante do seu todo;
A apresentação é de revista.

Tudo é encanto e magia,
O tempo deixa de ter significado,
Não importa se o presente lembra o passado,
Pois o sentimento é da mais pura alegria.

Lentamente o bloco passa,
Deixando no ar o perfume de suas flores.
E a mistura harmoniosa de suas cores,
Faz acelerar o coração da massa...

Que canta as marchinhas bem afinada,
Esquecendo que amanhã é outro dia,
E quem desfilará é o Bloco da Saudade.

**********
Publicado no Recanto das Letras em 05/03/2011
Código do texto: T2830781