Google+ Followers

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O VERDE DE SUA ROUPA



O VERDE DE SUA ROUPA
De: Ysolda Cabral


O verde da roupa que ela veste,
A palidez de sua tez exposta,
A angustia que dela denota,
Surpreende e até enternece.

O verde lembra uma floresta,
Cheia de pássaros em festa,
A palidez é desmatamento,
Acontece a todo o momento.

O coração aperta, se comprime,
A tristeza inunda a alma,
Recolhemo-nos em nossa casa.

Entretanto, o tempo é sublime,
De repente passa e nos acalma,
E adiante é tudo ou nada.

**********
Publicado no Recanto das Letras em 08/12/2011
Código do texto: T3379157