Google+ Followers

segunda-feira, 12 de julho de 2010

SERÁ QUE ELE VOLTA?



SERÁ QUE ELE VOLTA?
De: Ysolda Cabral





Para recepcionar os passarinhos e beija-flores que comumente me visitam, providenciei lindos bebedouros para o terraço e para a janela da minha jardineira de hortelã.

No começo foi uma verdadeira festa.

Infelizmente, os morcegos descobriram e nossa alegria acabou uma vez que, ao raiar do dia, meus amiguinhos chegavam e passaram a encontrar apenas sujeira nos bebedouros vazios.

Tentei mudar o horário da limpeza e troca da água.

- Não deu certo!

Eles chegavam, eu estava dormindo e me acordavam com muita reclamação.

Eu corria pra buscar água e quando voltava eles haviam ido embora sem nem se despedirem!

Fui ficando chateada com essa falta de paciência e de educação, então resolvi recolher os bebedouros definitivamente.

- Todo mundo desapareceu!

Só recentemente começaram a reaparecer timidamente na sacada da minha janela.

Hoje, estava lendo um livro na sala, quando vi um belíssimo beija-flor chegar no terraço e ir direto nas flores do jarro. De repente, bem próximo a elas, parou, olhou para mim, com ar indignado, e, foi embora.

E, pelas flores artificiais do jarro, chorei.

- Será que ele volta?


**********

Publicado no Recanto das Letras em 12/07/2010
Código do texto: T2373621