Google+ Followers

domingo, 13 de maio de 2012

TEU TALISMÃ



TEU TALISMÃ
De: Ysolda Cabral


Aproveita enquanto é cedo,
Que o silêncio da noite ainda é ouvido,
Que a madrugada já traz colorido,
E que, no teu coração não há medo...

Levanta-te! Fazes a cama!
Começas o dia sem fantasia,
Deixa os pesadelos e as chamas,
E vás caminhar sem acrobacias.

Segues pelas ruas até o Mar devagarzinho,
Sentindo o frescor da linda manhã,
Ouvindo o canto dos passarinhos,
Sentirás que a Natureza é teu talismã.

Sábia, Ela te acompanha por onde fores.
E, se passares pela lama ou pelas flores,
Não serás influenciado e nem atingido,
Pois estarás sempre bem protegido.

Assim, continuarás teu caminho,
Com muita paz, beleza e harmonia,
Fazendo do coração o teu ninho,
Lugar de felicidade e de muita alegria.

**********

Publicado no Recanto das Letras  em 11/05/2012
Código do texto: T3661507