Google+ Followers

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

BRINCANDO COM O VENTO

BRINCANDO COM O VENTO
De: Ysolda Cabral


A sombra da mangueira,
O vento brinca com meus cabelos.
Balanço a cabeça fingindo impaciência,
Contudo logo entro na brincadeira.

Arrumo o cabelo com a mão,
Ele desarruma na hora.
Fico brava, faço cara grossa,
Ele assovia uma canção.

E assim o tempo passa,
Sem que eu sinta ele passar,
Quando me lembro de rezar...

O Vento pára,
Fica bem quietinho,
Esperando eu terminar.

**********



Publicado no Recanto das Letras em 13/08/2010

Código do texto: T2435132