Google+ Followers

domingo, 22 de agosto de 2010

FELIZ DE VERDADE

FELIZ DE VERDADE
De: Ysolda Cabral



Do lado do amanhecer,
Da barriga da mãe natureza,
Mais um dia logo vai nascer,
E me emociono com tanta beleza.

E ele nasce límpido e claro,
Com todas as suas cores em destaque,
E uma tímida alegria me invade,
Ao escutar o canto dos pássaros.

Do lado do anoitecer,
Onde o dia inevitavelmente morre,
Sem querer perco o norte...

Porém a vontade de viver,
Faz-me sonhar e ter certeza,
De que um dia feliz eu vou ser.


**********

Publicado no Recanto das Letras em 22/08/2010

Código do texto: T2452406