Google+ Followers

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

A LEVEZA DA FORÇA BRUTA



A LEVEZA DA FORÇA BRUTA
De: Ysolda Cabral





Estava de bobeira na noite de domingo passado, sem vontade de absolutamente nada, quando resolvi fazer um ''tour'' pelos canais de TV.

Impaciente, mudava de canal o tempo todo. De repente, me deparei com um canal, o qual apresentava o novo ''clipe'' da cantora Marisa Monte.


No ''clipe'', que servia de ''pano de fundo’’ para sua nova música; a cantora e compositora dançava com o lutador ''Aranha”, Anderson Silva, campeão mundial de MMA - Artes Marciais Mistas. (Nascido na cidade de São Paulo, mudou-se ainda pequeno para Curitiba, onde começou a treinar Taekwondo com 7 anos de idade, esporte no qual se tornou faixa preta aos 18 anos. No Muay Thai, Anderson foi o segundo faixa preta formado pelo Mestre Fábio Noguchi em Curitiba. Ele também é faixa preta em jiu-jitsu dos irmãos Nogueira (Minotauro e Minotouro). A origem de seu apelido, Aranha, vem de um anuncio que citou o aranha por causa de uma camisa que usava no dia de um evento, minutos antes dele entrar no ringue e até hoje esse apelido perdura). Dados coletados no site abaixo indicado.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Anderson_Silva.

Fiquei encantada com a leveza da ''força bruta'' bailando com o lindíssimo cisne branco - Marisa Monte. A beleza, a elegância, o romantismo e o leve toque de sensualidade e poesia, se completavam na harmonia do ''colorido’’ preto e branco.

- Que coisa mais bonita!

Depois daquele momento de pura beleza, leveza, música e poesia, fui dormir pensando no quanto a Vida é mestra na arte das surpresas e contradições.

*****

Publicada no Recanto das Letras em 29/09/2011
Código do texto: T3247458