Google+ Followers

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

O AMOR EM SUAS MÃOS



O AMOR EM SUAS MÃOS
De: Ysolda Cabral


O tempo passa,
Sinto você e o nada,
A alegria acaba.
Cadê você que não me acha?

Acordei tarde,
Tive pesadelo.
Só sonho acordada!
A Vida e suas tapas...

Procuro o silêncio,
Apenas por um momento.
Preciso escutar meus pensamentos!
Há um tsunami em minha mente...

Você sabe e sente.
Preste atenção,
Só por um instante,
Mesmo que esteja longe.

O sentimento é profundo,
Belo e fecundo,
Bem maior que o mundo,
E, está em suas mãos.


**********

Publicada no Recanto das Letras em 30/09/2011
Código do texto: T3249661