Google+ Followers

domingo, 13 de novembro de 2011

DOMINGO QUE PARECE SÁBADO DOS ANOS 70




DOMINGO QUE PARECE SÁBADO DOS ANOS 70
De: Ysolda Cabral



Não gosto do dia de domingo e este fato é bastante conhecido, pois já falei sobre isso em vários textos que publiquei.

Não sei qual a razão, talvez se fizesse uma análise ou algumas sessões de terapia, a base de hipnose que me fizessem voltar no tempo, quem sabe eu conseguisse explicar...

Entretanto, o domingo hoje está realmente diferente...

- Nem parece domingo!

Parece mais um sábado de festa de quando eu estava com 19 anos e logo cedo saia de casa para fazer a última prova do longo - desenhado por mim - o qual iria usar a noite, em um dos bailes de gala do Clube Intermunicipal de Caruaru, minha cidade natal. Bailes esses, organizados ora pelo Cronista Social Jotta Lagos, ora por Soares, os quais disputavam para ver quem fazia a festa mais animada, luxuosa e bonita. Muitas delas filantrópicas.

Para mim, a expectativa chegava ao clímax exatamente no dia do baile uma vez que, tudo teria que estar na mais perfeita ordem. Atrasar seria imperdoável, uma verdadeira deselegância.

Ah, mais eu corria feito louca naqueles sábados...! Do ateliê da talentosa estilista, Leny Pierre de Mendonça, ao salão de Beleza da ''Zefinha'', minha amiga querida, onde somente ali confiava os meus cabelos, minhas mãos, meus pés, uma leve maquiagem e ficava pronta para o grandioso baile.

Pois é! O domingo de hoje me parece um daqueles sábados...

O dia está lindo, com raios de sol iluminando tudo. O Céu parece mais azul, os pássaros estão cantando mais bonito, as garças - nos arrecifes- repousam tranqüilas e eu, numa tremenda expectativa de que algo especial aconteça...

Sinto o cheiro do mar e lembro o perfume Charlie, da Revlon, usado atrás da orelha, antes de sair de casa para a noite de gala.

- Porque será que o domingo hoje está assim?!

Ah, se ele fosse uma pessoa! Não qualquer pessoa, evidentemente... Eu cairia nos seus braços para dançar o Bolero de Ravel, ou o Tema de Lara, como se fosse o dia do seu aniversário e eu o presente.


* Na foto Aos 19 anos. ( Foto Pissica ano de 1973)

**********

Publicado no Recanto das Letras em 13/11/2011
Código do Texto : T3333333