Google+ Followers

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

QUANDO O AMOR ACABA

QUANDO O AMOR ACABA
De: Ysolda Cabral


No rosto sem alegria,
Um belo sorriso eu via.
Nos olhos a tristeza saltava,
E caia direto na boca que sorria.

O doce do batom,
E o sal da lágrima...
Fiquei a refletir que gosto dava.

Amar é tão ruim!!!
A gente acha que vai até o fim.
Mas, que fim a vida tem,
Quando o amor acaba?!

Como barco a deriva,
Ficamos a navegar,
A mercê de um vento frio,
Em noite escura e sem luar.

Ah, que vida vale à pena,
Sem a magia do amor?!
Estar apaixonado,
É estar em estado de Graça.

O contrário...
É apenas solidão e muita dor.

**********

Publicado no Recanto das Letras em 30/11/2011
Código do texto: T3364964