Google+ Followers

domingo, 6 de novembro de 2011

TUAS MÃOS

TUAS MÃOS
De: Ysolda Cabral


A força de tuas mãos,
Entrelaçadas sobre a mesa,
Dava nó em minha cabeça.
Porém, o amor nelas eu via...

A força que fazias,
Em mantê-las longe das minhas,
Denunciava o teu querer.
Pensei no que fazer...

Como nada me ocorreu;
Senti meu coração parar,
O tempo passar,
E nada aconteceu...

Tuas mãos entrelaçadas,
Sobre a mesa,
Apenas queriam as minhas
E o momento se perdeu.

*****

Publicado no Recanto das Letras em 06/11/2011
Código do texto: T3321156