Google+ Followers

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

JOGO DO FAZ DE CONTA



JOGO DO FAZ DE CONTA
De: Ysolda Cabral



A indignação é tanta
Que dificulta o ato de respirar
A revolta é tão estapafúrdia
Que não dá para tripudiar

A mentira se tornou verdade
E tudo mudou de significado
Os bons meninos se danaram
E os maus se beneficiaram

A hipocrisia é sabedoria e manha
O jogo do faz de conta impressiona
As beatas puxam - sem orar - o rosário
E os incautos respondem... É hilário!

Alguém me responda:
Como pode uma coisa
Ser tão medonha?

*********
Publicado no Recanto das Letras em 10/02/2012
Código do texto: T3491303