Google+ Followers

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

PAPEL DE PRESENTE

PAPEL DE PRESENTE
De: Ysolda Cabral


Fecho os olhos bem devagar,
Coloco a mão esquerda sobre o papel
Do último presente que você me deu.

E não é que,
Ainda sinto nele a sua energia!
Parece até coisa do Céu.

O coração dispara. - Paro!
Respiro fundo,
Solto lentamente o ar
E constato:
Ainda estou no mundo.

O dia está tão bonito lá fora!
Até o Pé de Acácia,
Fora de época flora.

Preciso sair daqui agora...!
Preciso esquecer você...!
Antes que esta saudade,
Antecipe a minha morte.

*****
Publicado no Recanto das Letras em 22/02/2010
Código do texto: T2100886