Google+ Followers

terça-feira, 14 de junho de 2011

PIRULITO DE MORANGO

PIRULITO DE MORANGO
De: Ysolda Cabral


Com o coração na boca...
O vazio do peito,
É preenchido de doce.

Misturado ao sabor do batom-café,
Traz a calmaria,
Só encontrada na Sé.

**********


Interações


PIRULITO DE MORANGO,
que sabor ficou na boca?
Logo depois um café,
deixa a gente muito louca!
Também é bem brasileiro,
o gosto do meu batom.
Café, morango e amor,
tudo isso é muito bom...
Chupando esse pirulito,
volto aos tempos de criança,
em que a vida era tão linda,
cheia de amor e esperança.
Agora os tempos mudaram,
preciso de um bom café,
pra dar um "tcham" no meu dia,
e continuar de pé!
Lá pro fim do expediente,
retoco o batom da boca...
E sinto que é bom viver...
esta vida é muito louca!
Depois de tudo, um encontro,
frente à Catedral da Sé...
Com tanto sabor na boca,
vou beijar com muita fé!

( Mírian Warttusch )

**********

Ysolda, seu pirulito
Levou-me ao alto da Sé,
Donde se descortina Olinda
Bonita como ela é.

Além da vista e calmaria,
Lá se come tapioca,
Cuscuz, com muita alegria
E de quebra uma paçoca.

Pernambuco é tudo de bom,
Olinda e Recife muito mais,
Ah, que saudades do “freessom”,
Das praias, das folias e seus carnavais! ...

( Roberto Rego )

**********

Para adoçar o sentimento que se foi
Não deixe a beleza da vida para depois
Nada de querer dançar um triste tango
Sorva um doce pirulito de morango
O pranto se vai a alegria impera
Tristeza que nada agora é quimera
Chupe devagarinho saboreie o docinho
Assim, ao invés de tristeza e solidão
Poderás saborear a alegria no coração

(Ana Stoppa)

**********

Publicado no Recanto das Letras em 14/06/2011
Código do texto: T3033624