Google+ Followers

sábado, 29 de janeiro de 2011

JOANINHA EM DEPRESSÃO



JOANINHA EM DEPRESSÃO
De: Ysolda Cabral


Hei! Deixe-me quietinha.
Diz a Joaninha.
Hoje não quero conversa,
Não quero trela,
Não quero festa,
Estou com arestas,
Nada eu acho que presta,
Só quero ficar num cantinho,
Esperando que o vento me leve,
Pra qualquer lugar que ele for.
Oh! Estou tão sem cor...

- Que horror!


**********

Abaixo interações maravilhosas:

Ah, Joaninha, és tão bela,
Vermelha e pintadinha!
Não fique assim,
Amiga do jardim.
Tenha fé na vida,
Pois de todos os bichinhos.
És a minha preferida.
*
Luciano SV

**********
Joaninha, minha amiguinha
não fiques triste assim
tens uma linda roupa vermelhinha
és ainda, a alegria do jardim!!!
*
Chica
Minha bela joaninha
Não fique tristinha não
Eu te dou uma florzinha
E carinhos de montão!
Teca
**********
*
Então eu reflito e digo:
Como pode uma Joaninha
Tão querida e tão amada
Ficar depressiva por nada?!
*
Ah! amiguinha querida,
Dê adeus a depressão,
Dormindo um bom soninho,
Escutando uma canção.
*
*
Publicado no Recanto das Letras em 29/01/2011
Código do texto: T2759137