Google+ Followers

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

PEDREGULHOS E GIRASSÓIS

PEDREGULHOS E GIRASSÓIS
De: Ysolda Cabral



Pontiagudos e afiados,
Os pedregulhos da minha estrada;
Entre hortelãs, girassóis, jasmins e dálias
Não me assustam mais.

Mesmo que por vezes firam,
E castiguem os meus pés descalços;
Não me farão desistir,
Da minha belíssima caminhada.

Quem quiser comigo vir;
Que venha logo, venha agora,
Venha sem demora...

É que não posso esperar assim!
Vou terminar indo embora,
Pra nunca mais voltar aqui.

**********

Publicado no Recanto das Letras em 05/01/2011
Código do texto: T27115