Google+ Followers

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A MELHOR UTILIDADE DO E-MAIL

A MELHOR UTILIDADE DO E-MAIL
De: Ysolda Cabral



Para quem não pode perder tempo com telefonemas, visitas ou MSN - coisa de garoto; de apaixonado; de desocupado; entre outros que nem é bom falar - não tem coisa melhor que o e-mail para mandar e obter notícias dos amigos e dos nossos familiares.

O problema é que o pessoal banaliza esse serviço e congestiona nossas “caixas de entrada” com correntes, mensagens piegas e depressivas, as quais atrapalham a visualização daquilo que realmente interessa. Isso sem falar em vírus, os quais nos são enviados por sádicos idiotas, e, até mesmo, por pessoas, as quais desconhecem o verdadeiro conteúdo oculto da mensagem recebida e a reenvia para seus amigos, com os endereços eletrônicos expostos, por não saberem usar o recurso individual, ou seja; com a cópia oculta, (C/co).

Claro que há mensagens maravilhosas e de utilidade pública, as quais devem realmente ser enviadas e reenviadas. Contudo, a pessoa tem que ter o bom senso para não abusar. Até por que, quando houver necessidade de “presentear” alguém, por ocasião de seu aniversário, por exemplo, ou quando a saudade for grande; você não vai causar tanta surpresa e nem muita alegria como gostaria.

Mas, enfim, o propósito aqui não é criticar ninguém e nem muito menos ensinar alguma coisa relativa ao uso do e-mail, e sim, de registrar a grande descoberta que eu fiz referente à sua melhor utilidade, isso graças a uma de minhas irmãs, a mais querida entre nós - somos quatro irmãs e um irmão.

- A r e n g a r!!! É isso mesmo: arengar!!! (Rsrs)

Pense numa coisa boa!!!! Não há estresse...!!!!

Ela manda de lá, eu mando de cá e sempre com o cuidado de ler, responder e deletar, para não ter que ler de novo e a briga continuar. Isso vale para as duas. Eu, pelo menos, recomendo e faço. Se ela faz, ainda não perguntei. Como no momento estamos em plena “arenga”; depois eu pergunto. (Rsrs)

Brigar cara a cara é terrível! Cada uma que queira falar e ter razão mais que a outra. Aí ninguém escuta ninguém, os ânimos se alteram e a coisa pode pegar pra valer.

Depois da “briga”, da “peleja”, da “arenga”... Aí sim!!!! - É hora de enviar uma linda mensagem, umas flores e as pazes estão garantidas.

Muito bom "arengar" por e-mail, muito bom! - Agora tem uma coisa: tem que saber colocar as vírgulas e não apelar pro verbo... Hahahahaha

**********


Publicado no Recanto das Letras em 18/02/2011
Código do texto: T2799730