Google+ Followers

sábado, 26 de fevereiro de 2011

SÚPLICA DE AMOR


SÚPLICA DE AMOR
De: Ysolda Cabral


Num “rabo de foguete”...
Se queime, se lance,
Me alcance...!

Não sou “agulha no palheiro”...
Me ache, me abrace...
Tome jeito!

Suplico-lhe que atente...
O amor é um presente!

Ainda há tempo!
Aproveite àquilo que a gente sente.
**********

Publicado no Recanto das Letras em 26/02/2011
Código do texto: T2816970