Google+ Followers

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

UM LINDO SONHO

UM LINDO SONHO
De: Ysolda Cabral


No aconchego da tarde linda e preguiçosa,
Agradável mesmo em função do frescor artificial,
A cama confortável, convidativa e cheirosa,
Disputa com o computador de forma desleal.

O cansaço é enorme e conspira a favor da cama,
A vontade de compor um poema é tanta,
Que, juntada a saudade de você; vou à lona!
E o primeiro round o computador ganha.

Com os olhos fechando de tanto sono,
O coração de emoção quase parando,
Um poema de amor não mais componho.

De repente um soluço, uma lágrima...
Nem mais um verso... Nem mais uma palavra...
E foi assim que acordei do lindo sonho.

**********


Publicado no Recanto das Letras em 16/02/2011

Código do texto: T2795937