Google+ Followers

sábado, 2 de junho de 2012

VOU TE CONTAR


VOU TE CONTAR
De: Ysolda Cabral


Esperei tanto, mais tanto, tanto
Que não há mais nada que esperar

Chorei tanto, mais tanto, tanto
Que não há mais lágrima pra chorar

Sonhei tanto, mais tanto, tanto
Que não há mais nada pra sonhar

Mas sorri, mais tanto, tanto
Que não sei mais viver sem sorrir
E é assim que vou até o fim

E, se o fim realmente existir
Eu te conto.

 **********

Publicado no Recanto das Letras  em 25/05/2012
Código do texto: T3687996