Google+ Followers

sábado, 4 de setembro de 2010

MINHA CASA

MINHA CASA
De: Ysolda Cabral



Amanhecer com o canto dos pássaros,
Sentindo o perfume de hortelã,
Sabendo o Mar por perto,
Não tenho dúvida; estou em casa.

E como é muito simples a minha casa,
Fica fácil deixá-la bonita e organizada,
Pra funcionar de maneira prática.

Nela não pode faltar uma folha de papel,
Uma caneta Bic ou um lápis grafite,
Para registrar algumas importantes visitas.

Principalmente a da Saudade,
- Minha amiga mais chegada -
Posto que, sempre chega em hora inusitada ,
E eu preciso estar preparada.
*********

Publicado no Recanto das Letras em 03/09/2010
Código do texto: T2476281