Google+ Followers

domingo, 28 de agosto de 2011

NO TRANSPORTE MUSICAL




NO TRANSPORTE MUSICAL
De: Ysolda Cabral





Algumas músicas me transportam para o mundo da poesia. É desta forma que me recomponho das decepções e tristezas que a vida nos impõe quase que diariamente.

No mundo da poesia saro minhas dores e feridas e, de alguma forma, contribuo para a cicatrização até das feridas que não são minhas. Fato que me deixa feliz, recompensada e não me canso de dar Graças.

Entretanto, há músicas belíssimas, as quais marcaram momentos tão importantes e significativos na minha vida que evito escutá-las, pois não me levam ao mundo da poesia e sim ao mundo da saudade, da nostalgia...

Ao mundo descolorido do desencanto... Lugar onde a gente grita e nem o eco responde.

Sair de lá não é fácil! Hoje, não resisti...

Agora, já nem sei mais o que digo, nem o que penso e nem muito menos o que sinto.

Os dedos, lentos no teclado, como se fosse piano, buscam encontrar notas musicais alegres e só encontram dissonantes.

Paro e olho, através da janela, o dia que também chora...

E, a bela e solitária papoula vermelha, ontem aberta e feliz, está fechada em copas.



**********

Publicado no Recanto das Letras em 25/08/2011
Código do texto: T3181027