Google+ Followers

domingo, 14 de agosto de 2011

TELA BRANCA




TELA BRANCA
De: Ysolda Cabral


A tela branca,
Seu íntimo perscruta,
E nada encontra.

O dia está branco,
Sob um Manto Santo.
Lírios dos Campos,
Tanto pranto!

A noite já vai chegar...

Há um vento frio e hostil,
Há um medo pairando no ar,
No Mar...

O pensamento está a mil,
O sonho ainda é anil.
Que ele aconteça,
Ou, definitivamente, desapareça.



**********


Publicado no Recanto das Letras em 14/08/2011
Código do texto: T3159130