Google+ Followers

sexta-feira, 5 de março de 2010

ONDE ESTÁ VOCÊ

ONDE ESTÁ VOCÊ
De: Ysolda Cabral


Penso em você e fico calma,
Mesmo num dia como o de hoje,
Que mais parece noite.

A acácia não me anima,
E a realidade é um açoite.

Estou em cinco de março,
Do século passado.

Estou só e lhe procuro,
Infelizmente não lhe acho.

Se estivéssemos mesmo estado lá
Porque nenhuma lembrança trago?

Ah, meu amado, que mundo mais doido!

E hoje, especialmente hoje,
Pelo qual ainda dou Graças,
Que preciso tanto de você,
Porque eu não lhe acho?

*****

Publicado no Recanto das Letras em 05/03/2010
Código do texto: T2121412