Google+ Followers

sexta-feira, 26 de março de 2010

VIDA "QUALQUER COISA"

VIDA “QUALQUER COISA”
De: Ysolda Cabral


Ah! O amor...

Às vezes este sentimento é tão forte que, independente de nossa vontade ele transborda e cria vontade própria. Acredito que isso é comum em qualquer pessoa que ama profundamente e que, infelizmente ou felizmente, não vive o amor em toda sua plenitude. Talvez se vivesse, fosse entendido de forma diferente. - Será que era amor de verdade, ou era apenas um amor desesperado por conta de sua impossibilidade de acontecer?

Não sei... O fato é que, os amores impossíveis sempre são os mais bonitos, mais apaixonantes, mais mágicos, mais poderosos e os mais sofridos, os quais inspiram o poeta a compor verdadeiras obras primas.

Seja inspirado em sua própria experiência, na experiência de outrem, ou simplesmente no seu “Mundo Faz de Conta”, o que importa?

A vida de qualquer pessoa sem amor, sem sonho e sem fantasia é qualquer coisa, menos vida.

Então, se você vive “qualquer coisa”, procure inventar outra maneira pra viver. Assim, viverá contente e feliz deixando os outros viverem em paz.


Este é o meu pensamento.


Publicado no Recanto das Letras em 25/03/2010
Código do texto: T2158491