Google+ Followers

quarta-feira, 31 de março de 2010

"TRANSPLANTE DE BONDADE"



“TRANSPLANTE DE BONDADE”
De: Ysolda Cabral




Novamente em “Tempos de Páscoa...”

Tempo de reflexão, de se renovar a fé, a caridade cristã, a esperança... Parei diante da tela do meu computador, há pouco em branco, pensando alguma coisa proveitosa para escrever e nada me ocorria.

De repente o telefone tocou e eu atendi. Era a minha filha Yauanna que queria saber como eu estava. Falamos rápido e ao desligar o telefone, pensando no quanto ela cresceu rápido, voltei a fevereiro de 1997, quando foi noticiado ao mundo o primeiro mamífero clonado – a ovelha Dolly. Aquilo nos assustou, apesar de não ter surpreendido ninguém.

Yauanna, com seis anos na época, depois de nos fazer um monte de perguntas sobre clone, transplante e etc. e tal, saiu correndo pela casa pulando de alegria.

Ficamos estupefatos com aquela atitude e sem entender nada. Quando finalmente ela parou de comemorar, achegou-se eufórica junto de nós e contando nos dedinhos, considerou:

Duas vezes roubaram coisas de nossa casa
Na escola tem aquele menino que bate e morde todo mundo
Quando ela ia para o terceiro dedinho e, pelo jeito não ia parar tão cedo, lhe interrompi e perguntei o que aquilo tinha haver com transplante, clone, ovelha Dolly. E ela prontamente me respondeu: “ora mamãe, agora os cientistas vão descobrir um jeito de fazer transplante de bondade. Aí só existirão pessoas boas. Eba!!!!!!!”

Pois é!!

Uma Páscoa de Paz para todos, com votos de que " transplante de bondade" um dia seja possível.


*****

Publicado no Recanto das Letras em 31/03/2010
Código do texto: T2169732