Google+ Followers

sábado, 6 de março de 2010

VOANDO ALTO... BEM ALTO

VOANDO ALTO... BEM ALTO
De: Ysolda Cabral


Independente da idade;
Não perca a sensibilidade,
A jovialidade, a espontaneidade.

Independente do medo,
Do sofrimento, do horror;
Não perca o bom humor.

Independente da dificuldade;
Não perca a vontade.

Independente da incompreensão;
Não mude seu entendimento,
Sua opinião, sua decisão.

Independente da tristeza;
Sorria e dê asas à alegria,
A imaginação...

Independente da covardia;
Seja corajosa pelo menos um dia
E ouse, voe alto, bem alto!!

Você deve e pode.
Acredite na sorte.

Independente de ter pesadelos;
Não deixe de sonhar, pois o sonho
Sempre há de lhe deixar mais bonita.

Independente da indiferença;
Ah, esqueça, deixa pra lá!

Hoje é sábado,
E amanhã é domingo;
Um outro dia, com certeza, virá.


*****

Publicado no Recanto das Letras em 06/03/2010
Código do texto: T2123908