Google+ Followers

sexta-feira, 11 de junho de 2010

YSOLDA CABRAL & FLAVIA ANGELINI - EM DUETO


PROCURANDO RESPOSTAS
De: Ysolda Cabral  


A energia faltou e nem me dei ao trabalho de
 procurar uma alternativa de luz, um clarão qualquer...
Naquele momento uma luz de lanterna,
vela, ou até do celular iriam me confundir e incomodar.
Precisava ficar no escuro pra poder me enxergar.
E ao fazer assim, chorei, chorei, chorei muito
até que me fartei de tanto chorar.
De repente parei e me questionei a razão de tanta tristeza
 e de tanta solidão, quando elas na realidade nem se justificam tanto assim...
Procurando as respostas e sem nada encontrar,
resolvi que nunca mais vou chorar.
A energia voltou forte com sua luz e eu me recompus.
Olhando pela janela do meu pequeno refúgio,
a qual está sempre aberta para que minha hortelã
possa dos pesadelos me acordar...
Olhei para o horizonte,
aonde o Sol não faz muito se deitou,
E, agradeci a Deus, pelo poder que me deu ...
De me fazer inteira outra vez.
Logo, logo outro dia nascerá...
Mas... Afinal, estarei aqui ou lá?



*****

ILUMINAÇÃO EXTERNA
De: Flavia Angelini

Falta de energia elétrica - Escuridão...
Portas, janelas, cortinas que se fecham
Um quarto vazio...
Um EU, suspenso no escuro!!!
Um túnel,
Uma Luz,
Um coração vibrante,
Uma busca latente...
Um sonho??? Uma alegria??? Uma Vida???
Todas escolhas iluminadas
Por um desejo vertente
Uma necessidade presente
Uma busca incessante
Em constante superação
Aprendizado e emoção...
Um túnel ao caminho do coração
Uma Luz para a Vida
Vivida... Lembrada... Sofrida... Emocionada...
Uma Vida para Viver,
Uma Vida para buscar,
As alegrias do agora...
As vitórias colhidas...
As esperanças do amanhã...
Uma Vida a serenar, resplandecer e se alegrar
Na beleza da trajetória superada
Iluminada nos passos da retidão
Vencida com muito amor no coração!!!
Flavia Angelini

*****

Publicado no Recanto das Letras em 11/06/2010
Código do texto: T2313771
*****

Perfil  Flavia no RL
http://recantodasletras.uol.com.br/duetos/2313771

*****
Somos amigas de Coração e do Recanto das Letras