Google+ Followers

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O DIA E EU

O DIA E EU
De: Ysolda Cabral


Hoje estamos em pé de igualdade.
Amanhecemos leve,
E nosso “mundo de idéias”
Está lindo e claro.

Nada de ironias,
Nada de filosofia,
Apenas deixar fluir a poesia...

Sem métrica, sem rima,
Sem prolixidade,
Sem vaidade,
E principalmente sem lima.

Objetividade e simplicidade,
São as nossas metas.

O dia cumpre o seu dever de tudo clarear,
E eu, como ser humano,
De agradecer a Ele
A capacidade de enxergar, compreender,
De não me deixar atingir,
E de saber perdoar.


**********

Publicado no Recanto das Letras em 11/10/2010

Código do texto: T2549884