Google+ Followers

domingo, 24 de julho de 2011

AMY WINWHOUSE - APENAS UMA MENINA



AMY WINEHOUSE – APENAS UMA MENINA
De: Ysolda Cabral





Como não entender o desânimo, a depressão, a solidão, o desamor, advindos de traumas profundos e irreversíveis como doenças que levam pessoas jovens e talentosas à morte precocemente, deixando um legado tão triste e polêmico?

Fiquei consternada com o falecimento da talentosa cantora e compositora britânica Amy Winehouse. Entretanto, tomar conhecimento de alguns comentários sobre seu triste fim, de pessoas da mesma idade dela, me deixou ainda mais perplexa que a própria notícia.

- É tão fácil julgar e condenar o outro não é?!

Um dos últimos shows da Amy se deu aqui em Recife e não foi diferente dos demais que realizou em seu último ano de vida. Inclusive, minha filha esteve presente nesse show e saiu de lá com um misto de admiração e pena.

Contou-me que, a cantora ao cair no palco, visivelmente embriagada ou drogada – eu diria drogada de sofrimento - muita gente xingou e outras deram risada...

Contudo a grande maioria silenciou... Graças a Deus!

Amy Winehouse, era apenas uma menina que, infelizmente, não teve forças e nem motivação, para lutar por sua própria vida.

Como deve ter sofrido!

Num trechinho de sua música mais famosa - Reabilitação - ela disse:



“Eu não quero beber nunca mais
Eu só oh, só preciso de um amigo
Não vou perder dez semanas
Pra todo mundo pensar
Que estou me recuperando

Não é só meu orgulho
É só até essas lágrimas secarem

Tentaram me mandar pra reabilitação
Mas eu disse "não, não, não"

Eu não tenho tempo..”





**********
Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T3115108