Google+ Followers

quarta-feira, 20 de julho de 2011

O QUE UMA AMIGA NÃO FAZ!



O QUE UMA AMIGA NÃO FAZ!
De: Ysolda Cabral






Exuberante como nunca vi, a maravilhosa amiga e escritora, Edna Lopes, conseguiu de mim o que pouca gente consegue: me fazer sair de casa e perambular pelas belas ruas e avenidas do Recife, bem como pelas mágicas ladeiras de Olinda, em plena noite de terça-feira, dia 19/07/2011.

Eu sempre considerei essa amiga, do ''espaço'' virtual, uma das mais talentosas escritoras do RL e uma das mais belas Sereia das Alagoas.

Ontem pude constatar que tinha toda razão.

E, em especial ao item Sereia, ela realmente encanta e fascina. Me fez esquecer o cansaço e me tirou de casa para ir ao seu encontro e ao encontro de suas, não menos belas e inteligentes amigas, Lurdinha e Valéria.

Ah! Minha amiga querida, apesar da noite meio ''morta'', devido ao adiantado da hora e da minha falta de experiência em ''ciceronear'', a noite foi alegre, divertida e muito, muito especial.

Conhecer você pessoalmente e estar com você; ouvi-la falar das coisas mais simples e corriqueiras foi uma experiência extraordinária.

E por falar em experiência extraordinária; não sei se contei que, na ansiedade de encontrá-la... Ao chegar à entrada do Hotel e entregar as chaves do carro ao manobrista, desci tão ansiosa e tão apressada que, não dei nem duas passadas, tropecei e quebrei o salto da sandália.

Voltei para o carro pulando num pé só - feito o Saci Pererê - para calçar a reserva que trago, destinada ao supermercado na volta do trabalho. E nem me importei com o vexame...

- Afinal, para uma pessoa ''sarada'' que nem eu, voltar para o carro desta forma, foi como ganhar uma competição. Hahahahahahaha

E o troféu?! A poesia sobre amizade que você publicou hoje em sua página, a qual tomei a liberdade de ''transportá-la'' pra cá, na forma abaixo:




A QUEM COMIGO CAMINHA
De: Edna Lopes

O sorriso afaga e beija
assim como os braços
se estendem, enlaçam

O abraço acolhe e
consolida o afeto,
a emoção que partilhamos

Nossa amizade, que ultrapassa
fronteiras palpáveis
alimenta nossos sonhos
de um mundo fraterno,
terno, solidário e justo

Todos os dias são dias
de reafirmar que sou
tua amiga
tua companheira
de vida e sonho.

***

Obrigada, amiga querida!

*****



Publicado no Recanto das Letras em 20/07/2011


Código do texto: T3107733