Google+ Followers

domingo, 1 de abril de 2012

MINHA POESIA




MINHA POESIA
De: Ysolda Cabral


Minha poesia não é rica,
Nem em verso e nem em rima.

Minha poesia é espontânea... É livre!
É tudo que eu tenho de mais nobre,
Ou mais simples.
Independente de ser feia,
Bonita ou pobre.

Crio, é verdade!
Mas não minto.
Só digo o que penso,
E o que sinto...

Minha poesia fala de tristeza,
De saudade e de alegria...

Sentimentos meus...
Contudo, também seus.

Seus de todos que vêm à vida,
Com olhos de querer bem,
De querer ir muito além...

Além das aparências,
Além da vaidade,
Além das coisas menores,
Além até da morte!

Minha poesia vem da alma,
E também do coração,
Que bate sempre acelerado,
Sem sair do compasso,
Estando ele apaixonado,
Ou não.

**********

Publicado no Recanto das Letras em 01/04/2012
Código do texto: T3588687