Google+ Followers

segunda-feira, 30 de abril de 2012

PARADO NO CAIS



PARADO NO CAIS
De: Ysolda Cabral


Hei, repara!
Lá, por onde a vida passa.
Não fica aí parado!
Faz alguma coisa, se mova!

Sei que a vida tem muitas fazes,
Faces...
Uma ou outra tem lacre...
Contudo, abre!
Antes que seja tarde...

Ficar no passado?!
O passado já foi,
Não é mais.

Sai desse Cais!
Abre o coração,
Deixa entrar a emoção,
E sejamos finalmente nós.


Publicado no Recanto das Letras  em 25/04/2012
Código do texto: T3632627